Notícias

23/07/2020

ANTP reúne operadores e indústria de ônibus em debate sobre futuro do setor

A ANTP realizou, dia 20 de julho, reunião com operadores de transporte de passageiros e indústria de ônibus para discutir saídas para a crise do setor, sob risco de colapso no País, e definir um novo marco regulatório para o transporte público de passageiros urbano e rodoviário.

O encontro também teve como objetivo, no âmbito do transporte urbano e intermunicipal com característica urbana, lutar por auxílio emergencial o mais rápido possível para as empresas operadoras, como solução imediata para evitar que o sistema não sofra uma desarticulação. Sobre o transporte rodoviário, interestadual e intermunicipal foi debatida a queda de demanda, que chegou a 80%, bem como no fornecimento de combustível, cuja distribuição caiu 60%, e a comercialização de ônibus, com queda de até 40%.

Outra pauta da reunião, que afeta ambos os setores – urbano e rodoviário, foi a acentuação da crise com o fim próximo das medidas da MP 936 sobre os contratos de trabalho, prorrogadas até 31 de julho.

O encontro foi mediado pelo vice-presidente da ANTP, Cláudio de Senna Frederico. Participaram do evento: Ailton Brasiliense, presidente da Associação; Otávio Cunha Filho, presidente da NTU; Renan Chieppe, presidente do Grupo Águia Branca, representando o presidente da ABRATI, Eduardo Tude; Luís Carlos Moraes, presidente da ANFAVEA; Rubens Bisi, presidente da FABUSm e Marcelo Cruz Lopes, diretor executivo da BR Distribuidora, representando o presidente , Rafael Grisolia, além de representantes de empresas, membros do Conselho Diretor da NTU, da Scania, Mercedes-Benz, Volvo, Volkswagen, Iveco, Marcopolo, Volare, Neobus, Caio e Busscar.

A necessidade de se encontrar uma saída emergencial foi destacada por todos, lembrando que essa só fará sentido e terá consequência se houver uma alteração na forma como o transporte de passageiros é visto hoje no País.