Notícias

15/12/2015

Bicicletas em destaque na categoria Desenvolvimento Sustentável do PMU

pmu

Foto: Jorge dos Santos


 
A utilização de bicicletas para os pequenos deslocamentos na cidade é uma tendência no mundo, e no Rio de Janeiro não poderia ser diferente. A pesquisa “Perfil dos Ciclistas Brasileiros”, divulgada em novembro de 2015 pelo Observatório das Metrópoles e PROURB/UFRJ, identificou as características dos ciclistas de diversas cidades. Segundo os resultados, está em processo uma cultura de mobilidade urbana emergente focada nos pedestres e ciclistas, em resposta aos desafios sociais, econômicos e ambientais enfrentados pela sociedade brasileira. O crescimento dessa forma sustentável de se deslocar pela cidade se destacou na categoria Desenvolvimento Sustentável, do Prêmio Mobilidade Urbana 2015 – edição comemorativa dos 60 anos da Fetranspor.
 
A categoria, que reconhece as práticas de cidadania corporativa ligadas à mobilidade com sustentabilidade, teve nas três primeiras colocações trabalhos ligados ao incentivo da utilização de bicicletas na cidade: em primeiro lugar, o case “Promoção do uso da bicicleta no Rio de Janeiro”, desenvolvido pelo Itaú/Unibanco, que consiste na instalação de estações para aluguel de  bicicletas, em que usuários cadastrados as utilizam em pequenos deslocamentos. Em quatro anos, o projeto alcançou a incrível marca de 6 milhões de viagens . Em segundo lugar, o “EcoBike Courier”, da Bike Participações, realiza entregas expressas  com bicicletas e se apresenta como uma alternativa aos tradicionais motoboys, evitando o lançamento de mais CO2 no meio ambiente.
 
Em terceiro lugar, o “Bike Rio Café”,  que oferece um espaço para estacionamento de bicicletas, com oficina, vestiários, chuveiros  e café para as pessoas que optam por ir trabalhar de bicicleta no Centro do Rio de Janeiro. Além de incentivar o uso desse meio de transporte até a área central da cidade, promove o uso consciente da água, ao cobrar do cliente somente o tempo de consumo (sistema importado e exclusivo no Brasil).
 
O Movimento “Rio Como Vamos” foi reconhecido como destaque da categoria de Desenvolvimento Sustentável, pela criação dos Indicadores de Qualidade de Serviço do Transporte.
 
A cerimônia da sexta edição do Prêmio Mobilidade Urbana, especial dos 60 anos da Fetranspor, aconteceu no dia 11 de novembro, no Copacabana Palace, e teve recorde de inscritos.
 
Mais informações em:

Perfil do Ciclista Brasileiro – 2015, o livreto