Notícias

07/03/2022

Cidade do Rio acaba com obrigatoriedade do uso de máscaras

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, publicou decreto, dia 7 de março, que desobriga o uso de máscaras de proteção facial contra a Covid-19 em estabelecimentos fechados, incluindo os ônibus municipais. O passaporte vacinal ainda será exigido na cidade até que a vacinação com a dose de reforço chegue a 70% da população.

O motivo do decreto, segundo a prefeitura, é a queda nos números de casos, internações e óbitos. A decisão segue recomendação do Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura do Rio de Janeiro e entrou em vigor no dia 8 de março.

A medida vale para todos os estabelecimentos industriais, comerciais e de prestação de serviços, além dos órgãos públicos municipais e demais locais e ambientes, além dos ônibus, trens, metrô, VLT e barcas.

O Rio Ônibus, por meio de nota, afirmou que respeita a decisão das autoridades competentes, mas recomendou aos passageiros dos ônibus a continuidade do uso de máscaras e a manutenção da higienização das mãos durante e após o uso do transporte público.

O Rio de Janeiro é a primeira capital a liberar o uso total de máscaras.