Notícias

14/07/2022

Consórcios de transportes do Rio recebem segunda parcela de subsídio da prefeitura

A prefeitura do Rio, através da secretaria municipal de Transportes, efetuou hoje, dia 14 de julho, o segundo pagamento da diferença entre a tarifa de remuneração e a tarifa pública do serviço de transporte de passageiros por ônibus da cidade.

A segunda parcela do subsídio financeiro, no valor de R$ 19.134.093,63, foi paga aos quatro consórcios de transporte (Santa Cruz, Transcarioca, Intersul e Internorte) e é fruto de acordo firmado entre prefeitura, empresas de ônibus, Ministério Público e Justiça, que prevê ainda o congelamento da tarifa de ônibus da cidade, no valor de R$ 4,05, até o final deste ano.

Pago pelo serviço prestado, com base no quilômetro rodado, o subsídio é calculado com a ajuda de equipamentos de georreferenciamento. As linhas de ônibus precisam cumprir quilometragem mínima de 80% para recebê-lo.

A Prefeitura deve destinar cerca de R$ 300 milhões para subsidiar as empresas de ônibus do município, que enfrentam grave crise, agravada pela pandemia e que já resultou no fechamento de várias operadoras.

Confira abaixo os valores do segundo pagamento para cada consórciio:

Consórcio Santa Cruz – R$ 3.578.056, 95

Consórcio Transcarioca – R$ 6.000.600,92

Consórcio Intersul – R$ 3.082.043,34

Consórcio Internorte – R$ 6.653.392,42

Veja também o valor do primeiro pagamento, realizado dia 5 de julho, na matéria publicada aqui (https://www.fetranspor.com.br/noticias/consorcios-de-transportes-do-rio-recebem-primeira-parcela-de-subsidio-da-prefeitura/).