Notícias

20/08/2015

Coppe debate o momento da mobilidade do Rio em seminário

A Coppe/UFRJ reuniu, nos dias 19 e 20 de agosto, especialistas e gestores da área de mobilidade durante a 13ª edição do Congresso de Pesquisa e Ensino em Engenharia de Transportes do Estado do Rio de Janeiro – XIII Rio de Transportes. No encontro, foram debatidas as tecnologias que podem melhorar o deslocamento da população. Os debates foram realizados no auditório da Coppe, na Cidade Universitária.

 

Foto: Jorge dos Santos

Foto: Jorge dos Santos

 

A Fetranspor esteve representada no segundo dia do evento, pela gerente de Mobilidade Urbana, Eunice Horácio, que participou da mesa redonda que tratou da integração entre os modais na cidade do Rio de Janeiro, e de investimentos em mobilidade urbana na região metropolitana. Eunice deu foco nos corredores de BRT como forma de resolver os problemas de mobilidade com custo baixo, alta capacidade de transporte e rápida implantação. “As cidades precisam de soluções rápidas. Os sistemas de BRT quadruplicaram no mundo nos últimos 10 anos”, disse.

 

Também participaram da mesa, Augusto Schein, representante do VLT Carioca, e Diego Garcia, gerente de Planejamento de Transportes do Metrô Rio, além do diretor do Programa de Engenharia de Transportes da Coppe/UFRJ, Carlos Davi Nassi. Outros assuntos debatidos durante a XIII edição da Rio de Transportes foram: a duplicação da ligação Rio-Petrópolis, a implantação do Trem de Levitação Magnética (Maglev-Cobra) desenvolvido na Coppe, que se encontra em fase inicial de testes para transportar passageiros, além do atual situação do Plano Diretor de Transportes Urbanos (PDTU) 2015.