Notícias

15/06/2018

Diretora da Federação fala sobre transporte público e bicicletas na Velo-city

A diretora de Mobilidade Urbana da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro, Richele Cabral, foi uma das palestrantes na Velo-city, maior conferência mundial sobre bicicleta, realizada entre os dias 12 e 15 de junho, pela Federação Europeia de Ciclistas e prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, no Armazém 3 do Pier Mauá, na Zona Portuária do Rio.

 

Richele falou sobre “Transporte Público e Bicicletas”, destacando a combinação entre os dois modos de deslocamento e o compartilhamento de bicicletas. Ela apresentou a viabilidade de implantação de bicicletários nas estações de BRT.

 

Para embasar sua proposta, a diretora apresentou pesquisa, que aponta que 7% das pessoas utilizam bicicletas para chegarem às estações. Entre os usuários da estação Pingo D’água, 51% afirmaram que se houvesse um lugar seguro e coberto para guardar suas bicicletas passariam a adotar esse meio de transporte no trajeto casa-estação, estando inclusive dispostos a pagar pelo serviço. Richele mostrou exemplos de bicicletários com esta finalidade, como o da estação Saracuruna, da SuperVia.

 

Durante os quatro dias de realização da Conferência, foram debatidos temas relacionados à sustentabilidade e à inclusão, com foco na bicicleta como transporte e no seu papel de promoção da saúde, da preservação do meio-ambiente e do bem-estar.

 

A Velo-city começou em 1980, em Brêmen, Alemanha. Desde então, foram realizadas conferências em cidades como Copenhague, Bruxelas, Barcelona e Montreal. É a primeira vez que o evento ocorre na América Latina (antes bienal, desde 2010, uma conferência Velo-city é realizada em cada ano ímpar, na Europa, e, nos anos pares, em um dos seis continentes).

 

Participaram da abertura do evento: o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, o presidente da ECF e vice-prefeito de Paris, Christophe Najdovski, e o presidente da Riotur, Marcelo Alves.