Notícias

29/03/2019

Empresário Vander Costa é o novo presidente da CNT

Em cerimônia realizada em Brasília, dia 28 de março, tomaram posse o novo presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), para o período 2019-2023, o empresário mineiro Vander Francisco Costa, do transporte rodoviário de cargas, e os novos membros da diretoria (veja abaixo). Vander Costa substitui Clésio Soares de Andrade, que esteve à frente da CNT nos últimos anos, e assume também a presidência dos Conselhos do Sest Senat e do Instituto de Transporte e Logística (ITL).

 

Em seu discurso de posse, o novo presidente da CNT destacou o trabalho realizado na gestão anterior, em especial a criação do Sest Senat, instituição que há 25 anos promove a melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores do transporte por meio da prestação de serviços de qualificação profissional e atendimentos de saúde gratuitos. “Meu agradecimento especial ao presidente Clésio, que me deu todo o apoio na fase de transição, se comportando como um mestre que ensina o caminho ao aprendiz. Por tudo o que foi construído não será tarefa fácil sucedê-lo. Por outro lado, é exatamente por tudo isso que eu e minha diretoria estamos confiantes de que teremos êxito na gestão do sistema CNT/Sest Senat, pelos próximos quatro anos”.

 

Foto: Divulgação / CNT

Foto: Divulgação / CNT

 

Vander Costa defendeu o Sistema S, alvo do governo federal para sofrer corte de recursos. “No final do ano passado, o ministro Paulo Guedes afirmou, em discurso, a intenção de dar uma ‘facada no sistema’. Vimos a declaração como a posição de quem não tem conhecimento pleno dos benefícios que o sistema traz para a sociedade brasileira”, disse. Segundo o novo presidente, não é cortando parte dos recursos que haverá avanço econômico.

 

Costa lembrou que o desenvolvimento brasileiro está intimamente ligado à infraestrutura e que esta é a melhor maneira de promover o crescimento. “Para isso, é preciso viabilizar as parcerias com a iniciativa privada, com segurança jurídica por meio de licitações claras, onde possam ser conhecidos os deveres e os direitos dos vencedores dos leilões”, disse. E alertou que as novas concessões públicas, além de absolutamente transparentes, devem se abster da cobrança da outorga onerosa. “Quem paga mais outorgas tem custo mais alto e a consequência são tarifas mais caras, que significam transporte mais caro, aumentando o Custo Brasil, reconhecidamente um dos problemas para o desenvolvimento sustentável”. O novo presidente também defendeu a necessidade de aprovação da reforma da Previdência, que, segundo ele, precisa ser vista como um projeto de Estado e não de governo.

 

 

Nova diretoria – (fonte site da CNT)

 

Presidente da CNT: Vander Francisco Costa

Vice-Presidente da CNT – Seção I – Do Transp. Rodoviário de Passageiros: Eurico Divon Galhardi

Vice-Presidente da CNT – Seção II – Do Transp. Rodoviário de Cargas: Flávio Benatti

Vice-Presidente da CNT – Seção III – Do Transp. Aquaviário de Cargas e de Passageiros: Raimundo Holanda Cavalcante Filho

Vice-Presidente da CNT – Seção IV – Do Transp. Ferroviário de Cargas e de Passageiros: Joubert Fortes Flores Filho

Vice-Presidente da CNT – Seção V – Do Transp. Aéreo de Cargas e de Passageiros: Eduardo Sanovicz

Vice-Presidente da CNT – Seção VI – De Infraestrutura de Transp. e Logística: Paulo Gaba Junior

 

Presidentes de Seção

Presidente da Seção I – Do Transp. Rodoviário de Passageiros: Eudo Laranjeiras Costa

Presidente da Seção II – Do Transp. Rodoviário de Cargas: José Hélio Fernandes

Presidente da Seção III – Do Transp. Aquaviário de Cargas e de Passageiros: Waldemar Rocha Júnior

Presidente da Seção IV – Do Transp. Ferroviário de Cargas e de Passageiros: Benony Schmitz Filho

Presidente da Seção V – Do Transp. Aéreo de Cargas e de Passageiros: Airton Nogueira Pereira Junior

Presidente da Seção VI – De Infraestrutura de Transp. e Logística: Flávio Viana de Freitas

 

Diretores

Seção I: Rubens Lessa Carvalho

Seção I: Edmundo Carvalho Pinheiro

Seção I: Dimas Humberto Silva Barreira

Seção I: Murilo Soares Andrade Lara

Seção I: Alexandre Biazus

Seção I: Claudio Callack Coelho

Seção I: Décio Sampaio Barros

Seção I: Luiz Fernando Bandeira de Mello

Seção I: Francisco Armando Noschang Christovam

Seção I: Francisco Saldanha Bezerra

Seção I: João Resende Filho

Seção I: Emerson Imbronizio

Seção I: Francisco Feitosa de Albuquerque Lima

Seção I: Felipe Busnardo Gulin

 

Seção II: Gladstone Viana Diniz Lobato

Seção II: Eduardo Ferreira Rebuzzi

Seção II: Paulo Sérgio Ribeiro da Silva

Seção II: Carlos Antônio da Silva Vieira

Seção II: Urubatan Helou

Seção II: Pedro Velasco Junior

Seção II: Dagnor Schneider

Seção II: Maria de Nazaré Santos Cunha

Seção II: Liemar José Pretti

Seção II: Ana Carolina Ferreira Jarrouge

Seção II: Marcus Vinícius Couto da Silva

Seção II: Moacyr Ribeiro Costa

Seção II: Rogério de Souza

Seção II: Baldomero Taques Neto

 

Seção III: Dário Gonçalves Pantoja Neto

Seção III: José Rebelo III

Seção III: Laira Vanessa Lage Gonçalves

Seção III: Luís Fernando Resano

 

Seção IV: Fernando Simões Paes

Seção IV: José Osvaldo Cruz

Seção IV: Roberta Zanenga de Godoy Marchesi

 

Seção V: Cláudio Neves Borges

Seção V: Gislaine Regina Rossetti

Seção V: Patrizia Xavier

 

Seção VI: Paulo Miguel Junior

Seção VI: André Luiz Macena de Lima

Seção VI: José Carlos Ribeiro Gomes

Seção VI: André Luiz Zanin de Oliveira

 

Conselho Fiscal

Membro Efetivo do Conselho Fiscal – Seção I – Do Transp. Rodoviário de Passageiros: Jerson Antonio Picoli

Membro Efetivo do Conselho Fiscal – Seção II – Do Transp. Rodoviário de Cargas: Carlos Panzan

Membro Efetivo do Conselho Fiscal – Grupo de Seções (III, IV, V e VI): João Gouveia Ferrão Neto

Membro Suplente do Conselho Fiscal – Seção I – Do Transp. Rodoviário de Passageiros: José João Alberto Almeida Nascimento

Membro Suplente do Conselho Fiscal – Seção II – Do Transp. Rodoviário de Cargas: Francisco Pelucio

Membro Suplente do Conselho Fiscal – Grupo de Seções (III, IV, V e VI): Murillo Moraes Rego Corrêa Barbosa