Notícias

16/08/2019

Empresas apostam em aplicativo para melhorar a mobilidade dos passageiros do Estado

As empresas Rio Ita, Auto Ônibus Fagundes, Trans Turismo Rio Minho, Expresso Rio de Janeiro e Tanguaense, que operam linhas intermunicipais em São Gonçalo, Itaboraí, Rio Bonito, Tanguá, Niterói, Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Caxias e Magé; além da Expresso Tanguá, que opera linhas municipais em São Gonçalo, estão agora com toda a frota sendo monitorada através do aplicativo CittaMobi. Nele os passageiros podem acompanhar em tempo real o trajeto dos ônibus e visualizar em quantos minutos os coletivos estarão no ponto de embarque. Ao todo, 1.070 ônibus dessas empresas, que percorrem mais de 100 linhas, podem ser consultados. O aplicativo é gratuito e está disponível na versão mobile para aparelhos com sistema operacional Android, no Google Play, e iOS, no APP Store.

Além do benefício que o passageiro passa a ter na palma da mão para facilitar o seu deslocamento, a integração das informações das empresas com o app permitiu o desenvolvimento de um completo Centro de Controle de Operações – CCO, que é um dos mais modernos montados por empresas de ônibus urbanos no Estado do Rio de Janeiro. O espaço conta com computadores, telão, e operadores que acompanham todos os dias, durante 24 horas, a movimentação da frota e o cenário da mobilidade nas principais vias de ligação entre as cidades da Região Metropolitana do Rio. O monitoramento integrado dessas informações permite a equipe dar respostas mais rápidas aos problemas que impactam a operação, detectando e corrigindo possíveis formações de comboios, além de adiantamento ou atrasos nos veículos, melhorando assim o atendimento à população.

Tanto o CCO como a gestão das informações que chegam ao aplicativo, são frutos de uma estrutura maior: o Centro Sistêmico Operacional – CSO. Ele foi criado para gerenciar todo o planejamento operacional de empresas de transporte de passageiros: desde o regulatório, passando por frota e motoristas, até a execução final dos serviços.

“Nele desenvolvemos inteligência operacional para melhorar a mobilidade das pessoas e alcançar os resultados projetados pelas empresas com maior eficiência dos recursos”, afirma Cássio Santana, gerente geral do CSO.

Ele conta que o espaço foi inaugurado em maio e já recebeu a visita de sindicatos, concessionárias de rodovias e outras empresas de transporte.

“Estamos trocando informações e apresentando esse novo espaço que, inclusive, está preparado para gerenciar três mil ônibus e assim receber outras companhias interessadas em planejar a sua operação através da moderna estrutura montada”, conclui.

Foto: Divulgação / Rio Ita