Notícias

24/07/2021

Empresas rodoviárias investem em programas de fidelidade e clubes de prêmios

Empresas de ônibus rodoviários estão investindo em programas de fidelidade e clubes de prêmios para recuperar e manter seus clientes que migraram para outros tipos de transporte ou deixaram de viajar no período da pandemia. Segundo a Abrati (Associação Brasileira das Empresas de Transportes Interestaduais de Passageiros), os benefícios vão desde pontos para obtenção de passagens a troca de pontuação por produtos de grandes redes varejistas.

Entre as transportadoras que estão aderindo a programas de fidelidade está o Grupo Guanabara, que reúne as empresas UTIL, Brisa, Sampaio, Real Expresso, Rápido Federal e Expresso Guanabara. O Grupo oferece aos clientes o Programa Viva, lançado em abril passado e cuja meta é fidelizar meio milhão de passageiros até o último trimestre de 2021. Através do Viva, cada R$ 1 gasto em passagens nas empresas do grupo, o cliente acumula 2,5 pontos, que podem ser trocados por passagens.

O Grupo JCA, que reúne as empresas Catarinense, Cometa, 1001, Expresso do Sul, Rápido Ribeirão e Wemobi, conta com o Clube Giro, um clube que oferece vantagens e benefícios para quem viaja pelas empresas de ônibus parceiras. O programa funciona como um grande jogo, através do qual o cliente cumpre alguns desafios, relacionados a viagens, e ganha recompensas, que podem ser usadas na vida real. O participante recebe medalhas, com pontuações diferentes, e ao atingirem os pontos necessários podem trocar por prêmios.

As empresas Planalto e Unesul adotaram o Clube Muviflex, que tem como parceiros o Ponto Frio, as Casas Bahia e o supermercado Extra. O cliente faz uma assinatura no clube e acumula pontos sempre que comprar em alguma dessas lojas, além de poder também comprar os pontos. Esses pontos somados podem ser trocados por passagens.