Notícias

19/06/2015

Escola localizada no entorno do BRT recebe Fetranspor Social, BRT e Seeduc

Cerca de 150 alunos do Colégio Estadual Vicente Januzzi participaram de duas palestras realizadas nos turnos da tarde e da noite, nesta quinta-feira, 18 de junho, ambas com o intuito de alertar sobre o tipo de comportamento que causa acidentes nas vias do BRT. Esta foi a primeira reunião programada pelo Consórcio BRT, pela equipe da área de Responsabilidade Social da Fetranspor, Fetranspor Social, e por agentes multiplicadores de boas práticas da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), que estão trabalhando juntos na Campanha de Segurança nas Escolas do Entorno do Sistema BRT.

 

Foram apresentadas imagens selecionadas pelo Consórcio BRT com alguns flagrantes, como a travessia de estudantes pelos corredores exclusivos dos ônibus e pela via de trânsito comum fora da faixa de segurança, e também a abertura forçada das portas de uma das estações de embarque e desembarque segundos antes da passagem do ônibus, duas ações que poderiam ter sido fatais. “Um ônibus articulado pesa cerca de três toneladas. Com os passageiros, que representam mais 2,5 toneladas, sob uma velocidade de 60 Km/h, torna-se impossível frear instantaneamente e evitar um acidente”, explicou, durante a palestra, Thiago Medeiros dos Santos, assistente de marketing do BRT.

 

Questões como segurança nas estações, uso do RioCard, manutenção das máquinas de recarga e assédio sexual também foram levantadas. “Poder estar junto aos alunos para trazer a nossa mensagem, e principalmente para escutá-los, é muito importante. Esta ação é essencial para obtermos uma mudança de cultura, não somente em relação ao transporte público, mas também em relação à sinalização, às leis de trânsito e à preservação da vida”, afirma Thiago.

 

Para David Bittencourt Sofia, aluno do período noturno, o conteúdo pode ser multiplicado tanto em conversa com outros colegas, como sendo exemplo através de um comportamento correto. “A segurança no transporte e para passageiros e pedestres é importante, e levantar esta questão reforça a ideia de preservação da própria vida. Isso melhora a consciência das pessoas e permite que elas passem adiante”.

 

Dentro da programação da Campanha, estão inclusos mais sete colégios da rede estadual de ensino localizadas no entorno do sistema BRT. Dois destes receberão estas mesmas equipes até o fim junho, e os demais trabalharão o conteúdo selecionado através dos agentes multiplicadores da Seeduc. “Esta campanha tem de acontecer, pois precisamos realmente conscientizar os nossos alunos. Eles são jovens, esquecem muito rápido e fazer isso frequentemente é muito bom, afirma Glória Maria Fagundes Fernandes, diretora do CE Vicente Januzzi.