Notícias

07/12/2020

Fetranspor participa do XVII Rio de Transportes

No dia 3 de dezembro a diretora de Mobilidade Urbana da Fetranspor Richele Cabral participou do evento virtual XVII Rio de Transportes, na mesa redonda com o tema “O Futuro das Concessões de Transporte Público”.

Participaram também do debate Sonia Antunes, gerente de Planejamento e Transportes da Supervia; Jose Luiz Lopes Teixeira Filho, consultor da ANP Trilhos e Professor da UFJF; e Diego Garcia, gerente de Planejamento e Inteligência de Mercado do Metro Rio. Na ocasião, foram apresentados os dados estatísticos e os problemas do transporte público durante a pandemia, assim como os prejuízos que estão sofrendo neste período.

Richele mostrou os dados relativos aos ônibus e ressaltou que desde 2015 a demanda de utilização do modal já havia diminuído em 23% e foi agravada este ano. Falou também do cenário do Rio de Janeiro antes da pandemia, com planos de mobilidade desconexos, regulamentação precária e a falta de incentivo do governo. Para falar do momento atual, apresentou dados da pesquisa Global Workplace Analytics, 2020, que aponta o modelo de trabalho home office como a melhor alternativa para 77% das pessoas que responderam o questionário. A ampliação do trabalho remoto e a redução de pessoas circulando nas ruas resultou na diminuição considerável da utilização do transporte público e uma estimativa de mais de 1,5 bilhão de prejuízo para as empresas de ônibus do estado do Rio de Janeiro, somente entre março e dezembro de 2020.

Para encerrar o debate, os convidados conversaram sobre o que é preciso fazer nos próximos seis meses para viabilizar o transporte coletivo e concluíram sobre a necessidade de um subsídio público para garantir a sustentabilidade do setor.