Notícias

17/12/2018

Flores conquista pela sétima vez o Prêmio Maiores e Melhores do Transporte

Pela sétima vez consecutiva, a Flores conquistou o Prêmio Maiores & Melhores do Transporte, promovido pela revista Transporte Moderno, da OTM Editora. Este ano a empresa se destacou como melhor, na categoria Metropolitano de Passageiros.
 

Foto: Transportes Flores

Foto: Transportes Flores


 
O Prêmio tem como base os resultados financeiros, em 31 de dezembro de 2017, das empresas mais representativas do setor de transporte e logística. O primeiro critério para a classificação, portanto, é a receita operacional líquida, que indica a participação que cada empresa tem no mercado, no setor em que opera. Depois, as dez maiores, dentro de cada modalidade, são analisadas mais detalhadamente, recebendo notas de 1 a 10 em outros nove critérios. As que alcançam o maior número de pontos são eleitas as maiores e melhores em seus segmentos de atuação.
 
Foram coletados balanços anuais de 2017 de 1.190 empresas, de 36 segmentos de transporte. Esses dados formam um ranking entre as organizações, por modal de transporte (rodoviário, ferroviário, aéreo, marítimo e fluvial), bem como entre as empresas de implementos, carrocerias, pneus, logística e de soluções para o segmento de transporte.
 
img2
 
A revista Maiores & Melhores do Transporte 2018 traz o passo a passo da premiação, os critérios utilizados, categorias concorrentes, entre outras informações. Ao falar sobre a Transportes Flores, a publicação destaca o principal motivo que levou a empresa a alcançar um resultado positivo em seu balanço de 2017: “o plano estratégico da organização, com ênfase na área operacional, que é geradora de receitas, aliado à busca constante de redução de custos”, diz um trecho da matéria, que ressalta também o investimento na aquisição de ônibus novos como importante medida para enfrentar o período de baixa demanda.
 
A entrega do Prêmio foi realizada dia 27 de novembro, em São Paulo. Participaram da solenidade o gerente de Manutenção da Flores, Laércio Penido, e a supervisora de Desenvolvimento Humano, Cristina de Souza Araújo Gullo.