Notícias

19/02/2018

Flores inaugura biblioteca itinerante

Quem utiliza o Terminal de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, para embarque ou desembarque nas linhas de ônibus que fazem ponto no local, agora conta com uma novidade cultural. A Transportes Flores lançou, no dia 1º de fevereiro, o projeto “Cultura em Movimento”, de estímulo à leitura. A empresa instalou, em uma cabine de despachante, uma biblioteca, onde os clientes podem pegar livros emprestados para ler durante suas viagens e também levar seus próprios livros para o acervo trocando-os pelos já disponíveis na biblioteca.
 
Para participar, a pessoa só precisa preencher nome e endereço de e-mail, que já estará autorizada a pegar um livro emprestado e devolver ao terminar de ler, para que outras pessoas também possam se beneficiar da mesma leitura. No caso de troca, é só pegar um exemplar e deixar outro no lugar. A estudante de fisioterapia, Leticia Roriz, 17 anos, que levou um livro de Stephen Edwin King, aprovou a iniciativa. “Com a faculdade eu leio menos, mas essa ideia de ler no trajeto é muito boa”, diz.
 

Foto: Transportes Flores

Foto: Transportes Flores


 
A cabine chama a atenção pelo visual externo e interno. Por fora, foi toda adesivada com a marca do projeto “Cultura em Movimento”. Por dentro, foram colocadas estantes para expor os livros, doados pelos colaboradores e parceiros da empresa e pelas editoras Arqueiro, Folio Digital, Hexus, Arquimedes e Sextante. A proposta é que a biblioteca funcione de forma itinerante, ficando três meses em cada terminal escolhido pela empresa para receber o projeto. Assim, até o final de abril estará em Nova Iguaçu. Depois, segue para o Terminal Rodoviário Américo Ayres, no Méier. As rodoviárias de São João de Meriti e Duque de Caxias também estão na programação de 2018.
 
De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a média de tempo no trânsito, na região metropolitana do Rio de Janeiro, é de 52 minutos para o trajeto casa-trabalho. O “Cultura em Movimento” quer justamente poder proporcionar aos passageiros preencherem esse tempo com a leitura de um livro. “O objetivo é estimular a leitura e fazer os livros circularem pela cidade. Assim como nosso ônibus, queremos que os livros façam várias viagens e cheguem ao maior número de pessoas”, explica Cristina Gullo, supervisora de Comunicação da Transportes Flores.
 
A biblioteca itinerante conta com cerca de 700 livros dos mais variados estilos, desde literatura infantil aos clássicos, como Jorge Amado. Há ainda exemplares de Zuenir Ventura, Augusto Cury, Agatha Christie, Fernando Gabeira, Clarice Lispector, Martha Medeiros e Sidney Sheldon.