Notícias

12/05/2022

FNP afirma que novo aumento do diesel resultará em reajuste das tarifas

A Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) foi mais uma entidade que se manifestou sobre o novo reajuste no preço do óleo diesel, de 8,87%, que entrou em vigor no dia 10 de maio. Segundo o presidente da FNP e prefeito de Aracaju (SE), Edvaldo Nogueira, o aumento pode deflagrar uma série de reajustes de tarifas.

Nogueira lembrou que, apesar do aumento total do combustível somente este ano ter chegado a 47%, nenhuma prefeitura concedeu reajuste das tarifas, mas que dessa vez dificilmente algum prefeito conseguirá segurar o aumento. Para o presidente da FNP, foi a gota d’água.

Ele aponta também que um segundo aumento poderia ser evitado se a Câmara dos Deputados aprovasse o Projeto de Lei 4392/2021, que determina a criação de subsídio para a gratuidade dos idosos. O projeto já foi aprovado no Senado e, segundo Nogueira, estará no plenário na próxima semana. O prefeito, no entanto, defende ações mais significativas e um pacto nacional. “O desafio é estruturante, e demanda pactuação federativa”, disse.