Notícias

22/07/2019

Frente Parlamentar divulga comunicado alertando sobre concorrência desleal

A Frente Parlamentar Mista do Transporte Público (FPMTP), formada por deputados federais e senadores, emitiu, na sexta-feira, dia 19 de julho, o comunicado oficial “Uber Juntos e o desafio de proteger o Transporte Público nas grandes cidades”. O documento fala da preocupação com o resultado de estudo que mostra que o aplicativo de compartilhamento está atraindo mais usuários do transporte coletivo do que de carros particulares na capital paulista.

 

O estudo foi realizado pela Quest Inteligência, empresa de análise de mercado e de satisfação de clientes, em parceria com o Grupo de Tecnologias de Automação e Gestão de Processos da Escola Politécnica da USP (Gaesi). Foram ouvidos 351 usuários do aplicativo “Uber Juntos”, entre os dias 18 de fevereiro e 19 de abril de 2019. De acordo com a pesquisa, 62% dos usuários do app são provenientes do transporte coletivo (ônibus, trem e metrô).

 

A FPMTP ressaltou que os resultados da pesquisa são “alarmantes” e podem gerar “impactos financeiros, sociais e ambientais”. “A FPMTP reconhece a legitimidade dos aplicativos de transporte privado individual de passageiros, referendada pela Lei 13.640/2018. Contudo ressalta que é imperativo defender o pleno cumprimento da Política Nacional de Mobilidade Urbana, a fim de proteger o transporte público da concorrência desleal e sem regulação segura das novas modalidades de transporte por aplicativo”, diz o comunicado. O Uber afirmou desconhecer a metodologia da pesquisa e defendeu que o “Uber Juntos” não concorre, mas complementa o transporte público.