Notícias

17/03/2022

Motoristas de ônibus de Niterói são treinados para enfrentar casos de assédio

A Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim), em parceria com a equipe de Educação para o Trânsito da NitTrans (Niterói Transporte e Trânsito), está promovendo a capacitação de motoristas de ônibus da cidade para o enfrentamento ao assédio nos transportes públicos. “O Treinamento Lilás já formou todos os operadores de trânsito que estão aptos a reconhecer uma situação de violência contra a mulher fornecendo a orientação e a intervenção necessária. Agora, em conjunto com a Nittrans, estamos formando os motoristas de ônibus visando o enfrentamento ao assédio e a importunação sexual, crimes ainda naturalizados na nossa cultura. É um processo e nós estamos avançando na garantia dos direitos femininos”, afirmou a secretária de Políticas e Direitos das Mulheres, Fernanda Sixel.

A primeira turma de motoristas do chamado “Treinamento Lilás” contou com 40 participantes e teve suas aulas realizadas dias 14 e 15 de março, na garagem da Pendotiba. Segundo a chefe do departamento de Educação para o Trânsito da NitTrans, Priscilla Rocha, “a ideia de realizar o Treinamento Lilás com motoristas de ônibus surge da necessidade de levar informação e conscientização sobre as formas de violência contra a mulher aos motoristas de ônibus que trabalham diariamente no trânsito, onde é recorrente o assédio sexual. Após estarem capacitados, os motoristas estarão prontos para se tornar parte da rede de enfrentamento à violência contra a mulher”.

A Codim capacita seus servidores para atuarem no combate à violência contra a mulher e auxiliar no acolhimento das vítimas. Até o momento, 110 Guardas Femininas passaram pelo curso. Em março, será a vez dos Guardas Masculinos também participarem da capacitação. O objetivo é ter um olhar especializado no atendimento às mulheres vítimas de agressão, além de conhecerem a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher na cidade e os órgãos parceiros para possível encaminhamento da vítima.

Foto: Divulgação / Codim