Em comemoração aos seus 30 anos de fundação, a NTU promoveu evento em homenagem a 30 personalidades da indústria, gestores públicos, representantes do Congresso Nacional, de trabalhadores do setor de transportes, de organizações não governamentais, além de consultores e acadêmicos que marcaram o setor de transporte público nesse período e se destacaram em suas áreas de atuação. A homenagem foi realizada dia 29 de agosto, primeiro dia do Seminário Nacional da NTU, em São Paulo, e os agraciados receberam troféus com a marca dos 30 anos da entidade.

 

Foto: Divulgação NTU / André Conti e Daniel Deak

Foto: Divulgação NTU / André Conti e Daniel Deak

 

Após a entrega dos troféus, foram feitas duas homenagens especiais. A primeira delas à empresa Marcopolo, representada por um de seus diretores, Paulo Corso, que recebeu uma caneta, uma bandeja e um diploma dos 30 anos, entregue por Davi Lopes de Oliveira. A segunda foi entregue ao presidente da CNT (Confederação Nacional do Transporte), Clésio Andrade, que relembrou a criação da NTU. “Há 30 anos, um grupo de jovens empresários de transportes urbanos de passageiros resolveu assumir a liderança para a transformação e crescimento das cidades. Precisava ter alguma entidade que os representasse no plano nacional. Foi assim que criamos a NTU”, destacou.

 

Já na noite de quarta-feira (31 de agosto), último dia do Seminário, foi realizada a entrega da Medalha do Mérito do Transporte Urbano Brasileiro 2017 a dez personalidades. A homenagem representa o reconhecimento ao trabalho de pessoas físicas que atuam em prol do transporte público de passageiros, nas categorias Empresário, Especial e In Memoriam.

 

Foto: Divulgação NTU / Tony Oliveira e Rafael Fernandes

Foto: Divulgação NTU / Tony Oliveira e Rafael Fernandes

 

Na categoria Empresário receberam a comenda Dimas Humberto Silva Barreira e Nilo Gonçalves Simão. Na categoria Especial, Antônio Cleto Gomes, Victor Farjalla e Carlos Antônio da Silva Navega foram os homenageados. Já os nomes Carmine Furletti, Manuel Correia de Freitas, José Hilo Bonfim e Paulo Bellini, integraram a categoria In Memoriam e receberam homenagem póstuma da NTU.