Notícias

12/11/2019

Prêmio CNT de Jornalismo já tem seus vencedores

O 26º Prêmio CNT de Jornalismo já tem os vencedores de 2019. O Grande Prêmio, de R$ 60 mil, foi para o jornalista Guilherme Ramalho de Melo, da GloboNews, pela série de reportagens “GloboNews em movimento”. O trabalho, que recebeu a melhor nota geral do corpo de jurados, aborda o futuro do transporte e a mobilidade sustentável, com foco em soluções para tornar as cidades mais inclusivas e sustentáveis. A premiação será entregue no dia 4 de dezembro, em Brasília.

Os vencedores das outras categorias receberão R$ 35 mil cada um. São eles: Cid Martins, Rádio Gaúcha, com a reportagem “Maio Amarelo – Quatro em cada dez crianças vítimas de acidentes de trânsito em Porto Alegre foram atropeladas” (categoria Rádio); Renato Ferezim, TV Globo, “Descaminhos do Brasil” (categoria Televisão); Guilherme Paranaíba, Estado de Minas, “Para onde vamos – Mobilidade x Modernidade” (categoria Impresso); Saulo Araújo da Silva, Portal Metrópoles, “Carros-fortes, homens indefesos” (categoria Internet); Igo Estrela Caseiro, Portal Metrópoles, “Carros-fortes, homens indefesos” (categoria Fotografia); Leonardo Cavalcanti, Correio Braziliense, “O esquecido caminho das águas” (categoria Meio Ambiente e Transporte).

O Prêmio CNT de Jornalismo valoriza matérias e fotografias que contribuem para o desenvolvimento do setor de transporte de cargas e de passageiros.