Notícias

14/11/2016

Redentor recebe clientes do Programa Empresa de Portas Abertas

O Programa Empresas de Portas Abertas levou clientes da Viação Redentor para conhecerem de perto as instalações da empresa em Jacarepaguá, Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, no dia 11 de novembro. Com uma breve apresentação do Relações Públicas do Grupo Redentor, Julio Cesar de Lima Miguel, os 15 visitantes fizeram uma imersão na empresa, começando pelas iniciativas voltadas para a qualificação e bem-estar do colaborador. Descobriram que muito mais que um pátio de ônibus, a empresa possui um verdadeiro núcleo de capacitação e formação de mão-de-obra. Telecurso, cursos de idiomas e inclusão digital e treinamentos contínuos para motoristas são alguns dos programas educacionais da organização.

 

Foto: Jorge dos Santos

Foto: Jorge dos Santos

 

Os visitantes ficaram impressionados com a movimentação de 200 profissionais, circulando pela garagem da Redentor, especialmente no setor de manutenção, trocando peças, reparando avarias e realizando check-lists minuciosos de todos os veículos que estacionavam no pátio. “Consideramos o passageiro a verdadeira mola-mestre de todo o sistema de transportes urbano. Ele é fundamental para que nós profissionais possamos garantir veículos em ótimas condições de conservação nas ruas, e buscar a implementação de melhorias no sistema como um todo”, conta Wellington Antônio Borges, gerente de Manutenção, que começou na empresa como Apontador, na oficina.

 

A opinião dos clientes

 

Dirce Souza, contadora e moradora do bairro Campinho, zona norte do Rio, que fez uma reclamação no Fale Ônibus sobre o grande número de veículos no Terminal do Tanque, que atrasava o início de sua viagem, foi uma das convidadas para a visita: “estou impressionada com o que vi. Imaginava um ambiente hostil e desorganizado. Saí com outra impressão e confiante com a preocupação da empresa em formar bons colaboradores e prestar um bom serviço ao passageiro. Além disso, fiquei satisfeita com os esclarecimentos a respeito do acúmulo de ônibus e com a disposição em buscar uma solução”.

 

Foto: Jorge dos Santos

Foto: Jorge dos Santos

 

Para o gaúcho Ângelo Gabriel, que está no Rio há sete meses, o convite se deu a partir de um elogio à empresa no Fale Ônibus. “Ando muito de ônibus no Rio de Janeiro e os veículos do Grupo Redentor me supreenderam pelas condições, climatização, assim como o atendimento dos motoristas. Pelo celular, fiz um elogio através do canal de relacionamento. Não imaginava que um elogio iria me proporcionar uma visita à empresa e mudar totalmente minha concepção de transporte público. Estou impressionado com o tempo de trabalho dos integrantes, sua dedicação à empresa e a transparência da empresa com o passageiro”.

 

O Programa Empresas de Portas Abertas se mostra uma importante oportunidade para reunir profissionais do sistema de transportes urbanos com os seus clientes e promover o diálogo de forma transparente. “Acredito que quando alguém faz uma crítica, cria-se uma oportunidade para melhorarmos o serviço através do diálogo. O Programa Empresas de Portas Abertas é fundamental para que possamos mostrar os bastidores, reforçar o compromisso com o usuário e ouvir dele as suas insatisfações e elogios para buscarmos soluções, que são importantes para o sistema de transportes no Rio de Janeiro”, disse Ricardo Antunes, administrador do Grupo Redentor.