Notícias

06/01/2020

Riocard Mais: Troca dos cartões do tipo Vale-Transporte já começou

Chegou a vez de trocar o antigo cartão do tipo Vale-Transporte (VT) pelo novo Riocard Mais. Após realizar a substituição gratuita de mais de 3 milhões de cartões do modelo Expresso, entre maio e outubro de 2019, a Riocard Mais iniciou, no dia 6 de janeiro, a troca de aproximadamente 1,7 milhão de cartões Vale-Transporte que estão em utilização por passageiros de 43 municípios atendidos pelo sistema de bilhetagem eletrônica no estado do Rio de Janeiro.

Assim como aconteceu com sucesso na primeira fase com o cartão Expresso, as trocas serão gratuitas e realizadas em pontos estratégicos, nos meios de transporte e em locais de grande movimentação, para oferecer maior conforto e comodidade aos clientes. A substituição dos cartões é necessária para a evolução do sistema de bilhetagem eletrônica da Riocard Mais, a maior rede de pagamento eletrônico do país no transporte público, com mais de 150 milhões de transações registradas por mês.

Foto: Fetranspor

Onde trocar

A troca do cartão Vale-Transporte é simples e rápida, podendo ser realizada nos pontos exclusivos de atendimento montados pela Riocard Mais. Nesta primeira semana, serão 90 equipes de troca, que estarão distribuídas em 7 estações do BRT e 4 no sistema de trens da SuperVia. O atendimento será feito de segunda a sexta, das 7h às 19h.

Veja os locais:

BRT
– Alvorada (terminal)
– Jardim Oceânico (terminal)
– Madureira (terminal)
– Mato Alto
– Salvador Allende
– Santa Cruz
– Taquara

SuperVia
– Campo Grande
– Central do Brasil
– Madureira
– São Cristóvão

Novos pontos de troca serão adicionados gradativamente à rede de atendimento e poderão ser conferidos no site mapa.riocardmais.com.br.

Como trocar

Para realizar a troca, o cliente precisa apresentar o cartão antigo do tipo Vale-Transporte em um dos postos de troca exclusivos. Ao migrar para o Riocard Mais, todas as informações serão transferidas integralmente para o novo cartão, como saldo, recargas e benefícios tarifários – Bilhete Único Carioca (BUC), o Bilhete Único de Niterói e o Bilhete Único Intermunicipal (BUI). Não é necessário apresentar documentação, mas a troca deve ser feita pelo titular do cartão, já que o benefício é pessoal e intransferível.

Vale lembrar que os cartões VT antigos deixarão de ser aceitos gradativamente nos meios de transporte durante o processo de troca, como aconteceu com o cartão Expresso. No processo de substituição do Vale-Transporte, a Riocard Mais contará com o apoio das empresas, que vão ajudar na divulgação a seus funcionários sobre o período, os pontos e os horários para a substituição do cartão antigo.

Todos os novos cartões (Expresso, Vale-Transporte e Empresarial) estão disponíveis para aquisição por novos clientes ou por aqueles que solicitaram a segunda via em caso de perda ou roubo. Os cartões do tipo Expresso poderão ser adquiridos nos pontos de venda (máquinas de recarga, bilheterias do BRT e lojas físicas da Riocard Mais). Já o Vale-Transporte pode ser adquirido apenas na seção “Para Empresas” do site www.cartaoriocardmais.com.br e o Empresarial somente na loja online. Todas as informações sobre o Riocard Mais estão no site www.riocardmais.com.br.

Foto: Fetranspor