Notícias

02/08/2018

Seminário da NTU divulga propostas entregues aos presidenciáveis

Na abertura do 32º Seminário Nacional NTU 2018, realizada dia 1º de agosto, em São Paulo, o setor de transporte público por ônibus anunciou as propostas entregues aos representantes das principais candidaturas à presidência da república, visando à melhoria desse segmento de transporte. O Seminário encerra dia 3 de agosto e tem como tema “Construindo hoje o novo amanhã: Contribuições do transporte público para a mobilidade urbana”.

 

Segundo o presidente executivo da NTU, Otávio Cunha, pela ausência de políticas públicas de investimento no transporte público urbano, ele deixou de ser competitivo e, nos últimos 24 anos, perdeu 50,3% dos usuários. Os fatores que abalam a produtividade e desempenho do setor levaram os operadores do sistema a fazer uma reflexão e a ouvir técnicos e analistas, o que resultou nas propostas. “Cinquenta milhões de cidadãos dependem do transporte público para realizar suas atividades. Diante dessa dimensão a NTU entregou às candidaturas eleitorais propostas que traduzem os anseios da população. São propostas voltadas ao papel social, para um transporte público com qualidade, transparência e a preço competitivo. São seis programas de ações relacionadas entre si”, anunciou.

 

Estiveram presentes à abertura do evento: Eudo Laranjeiras Costa, presidente da Seção do Transporte Rodoviário da Confedreação Nacional do Transporte/CNT; Ailton Brasiliense Pires, presidente da ANTP; Jurandir Fernandes, presidente da UITP América Latina; Rodrigo Mata Tortoriello, presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana; Thiago de Araújo Mendes, secretário de Mudança do Clima e Florestas do Ministério do Meio Ambiente; Inácio Bento Morais Júnior, secretário Nacional de Mobilidade Urbana da SEMOB; Clodoaldo Pelissioni, secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo; João Octaviano Machado Neto, secretário Municipal de Mobilidade e Transportes de São Paulo, e Carlos José Barreiro, da Frente Nacional de Prefeitos.

 

Clique aqui e confira as propostas.