Notícias

26/05/2017

Sest Senat Deodoro realiza primeira SPAT

O Sest Senat Deodoro realizou, entre 15 e 19 de maio, a Semana de Prevenção de Acidentes do Trabalho do Setor de Transporte 2017 (SPAT Transporte). O evento reuniu um público médio de 100 pessoas, entre representantes das áreas de saúde e segurança do trabalho das empresas e jovens aprendizes. A Semana fez parte da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho (CAMPAT), promovida pelo Ministério do Trabalho, com o objetivo de sensibilizar a sociedade para a importância de uma cultura de prevenção de acidentes e doenças do trabalho.

 

Na abertura, o supervisor do Conselho Nacional do Sest Senat Rio de Janeiro, Edélcio Luduvice, explicou que a iniciativa é pioneira no sistema e pretende integrar as SIPATs (Semanas Internas de Prevenção de Acidentes do Trabalho) de empresas e entidades ligadas aos transportes de carga e passageiros e será realizada todos os anos. Participaram da solenidade de abertura: o secretário de Estado de Trabalho e Renda, Milton Rattes; o presidente da Fetranscarga, Eduardo Rebuzzi; o presidente do Sindicarga, Francesco Cupello; o chefe Regional da Fundacentro do Estado do Rio de Janeiro, André Pfeiffer; o vice-presidente do Conselho de Administração do Sinfrerj, Fernando Carneiro, e o secretário executivo do Sinfrerj, Paulo Bergman, entre outras personalidades.

 

Foto: Divulgação / Sest Senat Deodoro / Danielle Costa

Foto: Divulgação / Sest Senat Deodoro / Danielle Costa

 

Segurança, saúde e qualidade de vida

 

No primeiro dia, foram realizadas duas palestras de sensibilização: “Acidentes do trânsito – ocorrências e prevenção”, ministrada por Fernando Moreira, da ANAT, e “Capacitação profissional, aprendizagem e segurança do trabalho, ministrada pelo auditor Ramon de Farias Santos.

 

Na terça-feira, dia 16, o tema central foi “Segurança e Prevenção de Acidentes no Setor de Transporte” e as duas palestras, sobre “Boas práticas trabalhistas x segurança e prevenção de acidentes” e “Serviços especializados em segurança e Medicina do Trabalho – SESMT”, foram ministradas pelo engenheiro e consultor Paulo Magalhães e pelo professor Vinícius Sampaio, da Fetranspor, a primeira, e pelo engenheiro Fernando Silva, do Grupo Flores, e a médica Gisele Guimarães, da SRTE/RJ (Superintendência Regional do Trabalho e Emprego), a segunda.

 

“Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho” foi o assunto do terceiro dia. Raizza Andrade, da Bens Consultoria, a nutricionista Roberta França e o médico da Fetranspor, Fernando Moreira, falaram sobre “Saúde e qualidade de vida do trabalhador no setor de transporte”.

 

Meio ambiente, educação e prevenção

 

No dia 18, dedicado ao “Meio ambiente e o transporte”, outros dois representantes da Fetranspor, a coordenadora de Meio Ambiente, Cristiane Chafim, e o gerente de Planejamento e Controle de Operações, Guilherme Wilson, defenderam, respectivamente, os seguintes temas: “Requisitos legais para licenciamento ambiental de empresas de transporte e logística no Estado do Rio de Janeiro” e “A contribuição dos projetos Despoluir e EconomizAR para a preservação do meio ambiente e a saúde da população no Estado do Rio de Janeiro”.

 

“Educação e Prevenção” foi o assunto no encerramento da SPAT, com palestra sobre “Educação: Base da Segurança, Saúde e Prevenção de Acidentes”, ministrada pelo chefe Regional da Fundacentro do Estado do Rio de Janeiro, André Pfeiffer, pela representante da SRTE/RJ, Alessandra Gillibert, e pela professora Maria Idália Araújo, do Sest Senat Deodoro. A diretora da Universidade Corporativa do Transporte, Ana Rosa Bonilauri, participou do encerramento como debatedora.

 

A Fetranspor foi parceira na realização deste evento, juntamente com Fetranscarga, Fundacentro, Detran-RJ, Ministério Público do Trabalho, Secretaria de Estado do Trabalho e Renda do Rio de Janeiro, Secretaria de Trabalho e Renda do Município do Rio de Janeiro, Coppe/ UFRJ SOBES, ANAMT, ANMT, CBM-RJ.