Notícias

31/03/2020

Sest Senat realiza mobilização nacional de combate ao coronavírus nas estradas

O Sest Senat iniciou, dia 27 de março, uma mobilização nacional de atenção aos profissionais do transporte que estão garantindo o abastecimento das cidades e a oferta de serviços essenciais neste momento da crise do coronavírus em todo o País. Equipes preparadas quanto ao cumprimento dos protocolos definidos por autoridades de saúde e da Organização Mundial da Saúde estiveram em mais de 130 pontos de rodovias, distribuindo produtos de higiene e de alimentação aos motoristas, principalmente aos caminhoneiros, que têm enfrentado dificuldades em razão das restrições impostas ao funcionamento de estabelecimentos comerciais em todo o Brasil.

Foto: Divulgação / Sest Senat

Para realizar a mobilização e garantir assistência aos motoristas, uma série de medidas foi adotada: a intensificação do diálogo com autoridades públicas nas diferentes instâncias; a construção de protocolos de atendimento, necessários para proteger a saúde dos motoristas e dos colaboradores da instituição; e a mobilização de uma ampla rede formada por outras entidades e empresas, para aquisição de sabonete, álcool em gel, refeições e lanches distribuição aos motoristas que estão nas estradas. A entidade está recebendo doações de empresas que queiram contribuir com essa ação.

A ação vai até o dia 3 de abril. No Estado do Rio de Janeiro, está sendo realizada em seis postos: Sol da Dutra, em Barra Mansa; PRF, na BR 101, em Campos dos Goytacazes; Lua do Saara Ipiranga, em Duque de Caxias; PRF Casimiro de Abreu, na BR 101, em Nova Friburgo; PRF Rodovia Presidente Dutra, em Seropédica; Retiro dos Bandeirantes, em Tanguá; Ipirangão, na BR 040, emTrês Rios, e na Avenida Cesário de Melo, em Paciência, na capital Rio de Janeiro.

Foto: Divulgação / Sest Senat

Vacinação de motoristas

Por intermédio da CNT (Confederação Nacional do Transporte), o Sest Senat solicitou ao governo federal a inclusão dos motoristas no grupo prioritário da campanha de vacinação contra a gripe, iniciada dias 23 de março. Também colocou à disposição as suas 155 unidades operacionais e as 55 vans do Programa CNT Sest Senat de Prevenção de Acidentes para auxiliar nessa ação.

A instituição aguarda agora a disponibilização das doses para que os trabalhadores comecem a ser imunizados. A medida é considerada fundamental para reforçar a proteção da saúde desses profissionais, que circulam por todo o País e estão garantindo o abastecimento das cidades, e minimizar o risco de sobrecarga ao sistema público de saúde.