Notícias

16/06/2022

Setor de transporte começa a recuperar vagas de trabalho

O setor de transporte rodoviário de passageiros foi responsável por 1.548 vagas de trabalho ocupadas, em abril deste ano, no Brasil. Já o segmento rodoviário urbano de passageiros respondeu por 1.004 postos de trabalho. No mesmo mês de 2020 e de 2021, devido à pandemia da Covid-19, o setor havia demitido mais do que admitido profissionais. Em 2022, o quadro se inverteu, com abril sendo o quarto mês seguido de bom desempenho para postos com carteira assinada.

Os dados foram publicados pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) no dia 8 de junho e o detalhamento está no Radar CNT do Transporte – Caged Abril 2022 . As informações também estão disponíveis no Painel CNT do Emprego no Transporte, divididas por estados da Federação e modal.

No estado do Rio de Janeiro, o modal rodoviário de passageiros de longo curso teve saldo positivo de 234 postos, levando em consideração as admissões e desligamentos (entre janeiro e abril, foram 1116 admissões e 882 desligamentos). No mesmo período, o modal rodoviário de passageiros em regime de fretamento teve 1057 admissões e 789 desligamentos, com saldo positivo de 268 vagas. Já o rodoviário de passageiros urbanos ficou com saldo negativo de 612 postos, pois em janeiro e fevereiro os desligamentos foram superiores às admissões. Porém, em março e abril, os números começaram a se inverter, com saldos positivos de 69 e 147 postos, respectivamente.