No dia 4 de abril, o Setransduc reuniu empresários e representantes de Departamento Pessoal e de Recursos Humanos das empresas associadas para assistirem a palestras sobre eSocial e Reforma Trabalhista, realizadas pela Universidade Corporativa do Transporte (UCT), da Federação das Empresas de Transportes do Estado do Rio de Janeiro.

 

O contador Carlos Fernando, da Solver, explicou que com a implantação do eSocial a fiscalização do Governo Federal será eletrônica e mais eficiente. Ele chamou a atenção especialmente para questões como admissão de funcionários, folha de pagamento, rescisão, acidente de trabalho, alteração de dados, afastamento temporário, entre outros.

 

Foto: Divulgação / Setransduc

Foto: Divulgação / Setransduc

 

O advogado Humberto Muzzio Almirão, da Petersen & Muzzio Almirão Advogados, falou sobre a Reforma Trabalhista e as principais mudanças. Segundo ele, antes da reforma, surgia uma nova regra a cada quatro dias. Os objetivos da reforma são justamente trazer mais segurança jurídica a empresas e empregados, melhorar as relações entre eles e estabelecer regras mais claras e previsíveis. Humberto destacou os 23 tópicos de mudança, entre eles as modalidades de contratação, as férias, a contribuição sindical, entre outros.

 

O sindicato que tiver interesse em organizar o mesmo tipo de ação do Setransduc pode enviar e-mail para contato@uct-fetranspor.com.br. Com o objetivo de orientar as empresas de transporte por ônibus do Estado do Rio de Janeiro sobre a nova obrigatoriedade de utilização do eSocial e as mudanças que serão geradas nos processos de trabalho e dados das organizações, a UCT organizou um ciclo de ações educacionais, elaborou um e-book e disponibilizou vídeos e infográfico, tudo em seu site www.uct.fetranspor.com.br.