Notícias

18/02/2021

Transporte por aplicativo piora trânsito nas cidades

Estudo realizado nos Estados Unidos, pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts e publicado no dia 1º de fevereiro, mostra que os aplicativos de transporte Uber e Lyft intensificaram os congestionamentos nas cidades, apesar de terem como um dos objetivos melhorar o trânsito através do compartilhamento de viagens.

De acordo com o levantamento, desde que os aplicativos foram lançados, as áreas urbanas tiveram aumento de 0,9% nos congestionamentos, com duração de 4,5% a mais do que antes de sua introdução. E com sua crescente utilização, o número de passageiros nos transportes públicos caiu 8,9%, enquanto os veículos particulares tiveram redução de apenas 1%. Ou seja: Uber e Lyft não reduziram de forma significativa o número de veículos particulares nos EUA. Na verdade, as empresas apenas aumentaram o número de carros circulando e, em alguns casos, substituíram o transporte público. Em ambas as situações, prejudicando o trânsito.

O estudo levou em consideração o tempo de viagem nos carros por aplicativo, o número de horas de congestionamento, a frequência do uso de transporte público e o número médio de veículos por família. Além disso, os impactos da Uber e Lyft foram analisados tanto de forma isolada como conjunta, levando em conta o tempo que os aplicativos estão em operação.