Notícias

01/10/2020

Carioca desenvolve simulador para dirigir ônibus

O carioca Thiago Batista Baker, 21 anos, apaixonado por ônibus, adaptou, para o cenário do Rio de Janeiro, o Proton Bus Simulator, simulador criado pelo paulista Marcos Elias Picão, 34 anos, que permite ao usuário dirigir um coletivo. É uma espécie de jogo, que pode ser baixado no computador e no celular. E, ao contrário da versão de São Paulo, que conta com trajetos fictícios, o do Rio tem trajetos reais das ruas.

Thiago começou a desenvolver o projeto em março, incluindo inicialmente seis bairros da Zona Norte e a comunidade de Vila Cruzeiro. Foram criadas seis linhas, sendo duas reais (921 e 956, que ligam a Vila Cruzeiro ao bairro Vicente de Carvalho e ao IAPI da Penha) e quatro fictícias. Ele também incluiu um trecho do BRT Transcarioca. O Proton Bus Simulator utiliza informações do Google Maps e conta até mesmo com edificações, como igreja, supermercado, posto de gasolina, shopping, viadutos, quartel do Corpo de Bombeiros e estações.

Enquanto dirige o veículo virtual, o motorista interage com os passageiros que embarcam e desembarcam. Eles tanto podem cumprimentar o condutor, com um bom dia, como reclamar se ele não parar no ponto solicitado, por exemplo. O motorista pode também trocar o letreiro, abrir e fechar portas e janelas, usar o freio de mão, ligar a sete, entre outras funcionalidades.

Após divulgar o game, Thiago, que inicialmente pretendia apenas utilizá-lo para “brincar de dirigir”, recebeu uma encomenda para desenvolver o trajeto da linha 537 (São Conrado – Gávea). Outro projeto em andamento é a integração do seu mapa com o de Guilherme Araújo, de 21 anos, que está trabalhando na ligação de Benfica ao Centro e Zona Sul.

O simulador, desenvolvido apenas para diversão, não gera pontos ou metas a serem atingidas. Crianças e idosos também podem brincar. Há inclusive uma opção para dirigir veículos antigos.

Mais de 5 milhões de downloads do Proton Bus Simulator já foram realizados. A média de usuários ativos é de 300 mil.

Foto: divulgação / @thiagobakersking